...

GENOCÍDIO E A PANDEMIA BRASILEIRA

Não sei se você esta preparado para essa conversa!




A maior pandemia ja a anos no Brasil e no mundo é a pandemia da obesidade. Isso sim vocês deveriam dar muita atenção pois a maiorias das doenças são desencadeadas pelas consequencias do sobrepeso e obesidade.

E o que o genocídio tem haver com isso?

genocídio é considerado um crime contra a humanidade, e essa definição deu-se após constatados os horrores praticados durante a Segunda Guerra Mundial.

ixi, o bau ficou louco o que tem haver entao os dois??? pensou isso né???

Você precisa entender que a obesidade está em todos os setores deste mundo, e tudo te influencia para consumir calorias extras, não ter gasto calorico, cada dia ser mais sedentário, cada dia ser mais dependente da industria farmaceutica, ou seja, a industria da DOENÇA! E isso mata muito mais que o covid19 vem matando !

(infelizmente eu preciso falar isso pra vocês nesse tom mesmo)

 

TUDO QUE VOCÊ FAZ É PARA ECONOMIZAR ENERGIA, SE "SATISFAZER MOMENTANEAMENTE" E NUNCA SE CURAR DE NADA, APENAS REMEDIAR E SER MAIS UM DROGADO CONSUMINDO TODOS OS DIAS SEU VICIO!

 

As causas endócrinas e exclusivamente genéticas do excesso de peso são raras, sendo essa pandemia de obesidade fruto da exposição de uma população biologicamente vulnerável a um ambiente obesogênico, especialmente no que tange à disponibilidade de alimentos industrializados de fácil preparo ou já prontos, altamente palatáveis, com excesso de açúcar, gordura e sal, e de baixo custo.

A obesidade, pelas suas cifras percentuais crescentes de acometimento da população, se tornou um enorme problema de saúde pública. Um problema que atinge homens e mulheres em diferentes etapas da vida, com consequências muito sérias no que diz respeito tanto ao bem-estar físico quanto ao emocional.

 

VOCÊ SABIA DISSO?


Se a gente pensar na saúde feminina especificamente, não podemos nos esquecer do impacto, tanto de curto quanto de médio prazo, na saúde reprodutiva. As mulheres com sobrepeso ou com obesidade têm risco aumentado de infertilidade. Mulheres com obesidade apresentam taxas menores, inclusive, de sucesso em programas de fertilização assistida comparadas com mulheres que não têm obesidade estimase que elas tenham cerca de 30% menos de chance de engravidar.

E por sua vez, quando a mulher com obesidade engravida, há um risco maior de complicações tanto maternas quanto fetais como diabetes gestacional, pré-eclâmpsia, parto prematuro, índice maior de cesáreas, nascimento de bebês macrossômicos ou com peso elevado e até mesmo um número maior de natimortos.

 

ONDE COMEÇA A OBESIDADE NO BRASIL?

A mesa dos brasileiros mudou muito nas últimas cinco décadas e essa alteração no padrão nutricional trouxe mais ônus do que bônus, com a obesidade e o sobrepeso crescendo danosamente entre a população. Ambos os fatores são condições ideais para levar o corpo a desenvolver males como hipertensão arterial, colesterol elevado e diabetes que, por sua vez, conduzem às doenças cardiovasculares (DCVs).

 

Sendo assim,o excesso de peso deve ser encarado como uma doença por todos e pela classe médica ainda mais. O enfrentamento da obesidade deve ser cuidando de todas as formas, com orientações para mudanças no estilo de vida, ajustes na alimentação, prescrição de atividade física e, se necessário, a indicação de tratamento farmacológico é um dever de todos os profissionais de saúde.

 


Escrito por Gabriel Baú

... ...


Redes Sociais

... ... ...

NewsLetter

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece aqui? Assine nossa Newsletter.


Agência LevelX - Marketing Digital, Inbound Marketing, Desenvolvimento de Websites e Aplicativos para Iphones, Ipads e Androids